“Podemos assegurar que o turismo está em seu melhor momento, é uma atividade que tem todo o potencial para gerar rendas e emprego. Um de cada 20 empregos se encontra no setor turístico” explicou Sandra Naranjo, no último 18 de março, com o fim de ressaltar que 2015 será o Ano da Qualidade Turística. Dentro da estratégia para melhorar a prestação de serviços da indústria, a Ministra de Turismo também aproveitou para apresentar a Marca Q.

 

 

O Ministério tem como objetivo implementar em 750 empresas os sistemas de qualidade que descrevem a esta marca e que consistem no prestigio, na fiabilidade e na confiança. Várias empresas que fortaleceram a qualidade de seus serviços receberam esta distinção e serão promovidas no website do Ministério: Quito Turismo, Qualitur, Patio Andaluz, Napo Wildlife Center e Termas de Papallacta. Paralelamente, os estabelecimentos também vão ser regulamentados baseando-se em padrões mundiais de hospedagem, o que permitirá a sua organização e hierarquização. Mediante a classificação dentro de 6 tipologias (Hotel, Hostel (Albergue), Resort, Pousada, Fazenda Turística e Lodge), cada estabelecimento obterá um certo número de estrelas. Três tipologias adicionais não serão avaliadas por estrelas: Refúgio, Acampamento Turístico e Casa de Hóspedes.

 

“Queremos que a qualidade seja o centro de todas as atividades que desenvolva o Ministério de Turismo”, expressou a Ministra. Assim, o Ministério busca também reconhecer as pessoas e é por isso que prosseguirá seu programa de certificações de competências profissionais. Este tem como objetivo oferecer 8000 capacitações presenciais em onze competências profissionais como a administração de empresas de alojamento e restaurantes, a gerência de operações, a hospitalidade, segurança alimentar, etc. Do mesmo modo, o Ministério continua atuando em relação à segurança turística. Para garantir o bem-estar dos turistas, colocaram-se mensageiros de segurança em alguns estabelecimentos turísticos. Em Quito há 27 na zona da Mariscal e 9 no Centro Histórico. Em escala nacional há um total de 58 mensageiros e se planeja instalar mais em Puyo, Atacames, Santa Elena, Puerto López, entre outros, durante o ano de 2015.

 

 

Share this post

Submit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn