Em Londres, o Equador participou com um stand na Feria B2B Experience Latin America (ELA), onde a Ministra de Turismo do Equador, Sandra Naranjo Bautista, manteve reuniões de trabalho com importantes meios de comunicação como a Revista Conde Nast Traveller, Agencia EFE, The Telegraph, Travel Trade Gazette, Travel Weekly, Mocloe Radio, SkyNews, entre outros.

 

Em 17 de junho, a Ministra Naranjo apresentou à indústria turística, meios de comunicação e convidados especiais do Reino Unido, a segunda fase da campanha de Promoção “All You Need Is Equador” encaminhada a conquistar novos mercados e a consolidar o país como um destino de classe mundial.

 

 

O Equador convida a “Sentir e viver”

 

A cerimônia de apresentação da segunda fase da campanha “All You Need Is Equador” se realizará no Tate Modern Museum. A campanha  que tem como objetivo despertar a sensibilidade dos visitantes através das experiências que podem viver em nosso país, "apela ao que o Equador o inspira e o faz sentir", enfatizando como um dos projetos mais ambiciosos de promoção turística. 

 

Esta campanha demandou um investimento de USD 9 milhões,  que inclui publicidade na imprensa escrita, televisão e meios digitais, assim como ativações BTL. A campanha se difundirá nos EUA, Canadá, Inglaterra, Alemanha, China, entre outros.

 

A campanha convida os viajantes  a se reconectarem com o mundo e consigo mesmos em “um país com quatro mundos”: Litoral, Galápagos, Andes e Amazônia, onde poderá despertar sua sensibilidade através das experiências únicas que somente podem ser vividas no Equador.

 

"Uma pessoa poderia literalmente tomar café na Amazônia, almoçar nos Andes aos pés de um vulcão, jantar frente ao mar e tomar um avião para as Ilhas Galápagos em um dia", explicou a Ministra Naranjo.

 

 

Um despertar de consciência

 

A Ministra resumiu que a primeira etapa da campanha All You Need is Equador foi principalmente um despertar de consciência sobre nosso país; a segunda etapa convidará os viajantes de todo o mundo a viverem o país através de uma experiência pessoal, como um lugar para se reconectarem com o mundo e consigo mesmos.

 

 

Share this post

Submit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn