ECOLODGES


12 mil espécies de flora e 1.320 espécies de fauna tem a Reserva de Produção Fuanística Cuyabeno, em seus 603.380 hectares de área, localizada na provincia de Sucumbíos ao norte.


O Parque Nacional Yasuní , tem o primeiro lugar em biodiversidade do mundo. Este fica em Orellana. Em um hectare do Yasuní há mais espécies de árvores que em toda America do Norte.


46 espécies de mamíferos, 560 de aves e 63 de orquídeas estão entre os melhores exemplos de biodiversidade do Parque Nacional de Podocarpus, localizadas em Zamora Chinchipe e Loja no sul do Equador.



TAPIR LODGE

TAPIR LODGE

Quinze metros é a altura das torres Pirañae Ceiba, torres das suítes do Tapir Lodge. Este estilo alternativo de hospedagem constitui a característica principal deste hotel, localizado na Reserva Faunística Cuyabeno, em Sucumbíos. Do alto se experimenta a selva amazônica de uma maneira intensa e mais próxima ao cantar dos pássaros.
 
Além das duas torres, o terceiro tipo de acomodação é o Bangalô, que possui dez suirtes no total. Estão divididas em dois andares. Há oito suites duplas e duas quádruplas.
 
Do mesmo modo que na torre Piraña e Ceiba, o Bangalô tem malhas anti-insetos nas janelas para assegurar uma boa ventilação e evitar a entrada de insetos. Cada habitação tem banheiro privado com água quente. A torre Piraña possui quatro suites que podem ser simples ou duplas.
 
Cada uma se localiza em um andar distinto, o que permite uma privacidade ótima. Da sacada se observam bromélias, orquídeas, aves e distintas espécies de primatas. Já a torre Ceiba possui oito suítes, divididas em quatro andares.

CUYABENO LODGE

Primeiro hotel construído no meio da Reserva de Produção Faunística Cuyabeno. Desde 1988 Cuyabeno Lodge acolhe os visitantes em sete cabanas independentes e três adicionais em uma torre com vista da floresta. Podem ser observados golfinhos de rio, antas, jacarés, anacondas, piranhas e macacos, entre outras espécies.
 
Há dois tours. O primeiro é de quatro dias e três noites e o segundo de cinco dias e quatro noites. Em ambos se pode passear em uma canoa na Lagoa Grande. Ali se observam jacarés pretos, hoatzines.
 
Na lagoa, os visitantes podem nadar e desfrutar de entardeceres espetaculares. Ambos os tours incluem observação de aves, golfinhos, monos, e outros mamíferos próprios da zona. As caminhadas noturnas para ver insetos formam parte da oferta do hotel.

SIONA LODGE

Tartarugas, golfinhos cor de rosa, anacondas, jacarés pretos estão entre as espécies que habitam as lagoas e rios ao redor de Siona Lodge. Localizado na Reserva Faunística Cuyabeno, este hotel combina as caminhadas na floresta primária e a navegação em lagunas de águas negras, coma visita ao povo indígena Siona.
 
Puerto Bolívar é o nome da comunidade indígena do povo Siona. Situa-se na margem do rio Cuyabeno, igual a outras pequenas comunidades da área. Nesse lugar, o pajé local explica suas práticas religiosas e conhecimentos médicos ancestrais, que passaram através de várias gerações.
 
A poucos minutos do hotel se situa a floresta primária, ecossistema ideal para observar mamíferos como macacos capuchino, bugioe aranha, ursos preguiçosos, aves como tucanos, tangaras, águias harpias e araras.

NAPO WILDLIFE CENTER

Considerado um dos eco lodge mais luxuoso da Amazôniado Equador, Napo Wildlife Center (NWC) se situa na lagoa Añangucocha, na reserva indígena do povo Quíchua Añangu, proprietário de 21 mil hectares de floresta chuvosa amazônica. Está no Parque Nacional Yasuní.
 
Desde El Coca, Orellana, viajase em uma canoa motorizada durante duas horas pelo rio Napo, até chegar à entrada do canal de esgoto da comunidade Añangu, lugar onde os passageiros mudam para uma canoa de remos.
 
Há várias atividades para realizar durante a estadia. A subida à torre de observação do “canopy” ou andar ecológico superior da floresta é aatividade principal. A torre de 40 m. de altura está construída junto a uma árvore. Observamse macacos bugios e capuchinos, ursos preguiçosos, águias harpias, tucanos e tangarás. O NWC tem 16 suítes, restaurante e bar. Há dois tours: 5 dias e, 4 noitese de 4 dias e, 3 noites.

SACHA LODGE

Tucanos, águias harpias, martim-pescador e, pica-paus, são algumas das espécies de aves que os guias naturalistas de Sacha Lodge mostram aos visitantes da reserva ecológica de 2.023 hectares de extensão. Este hotel se localiza em Sucumbíos, na margem norte do rio Napo. Possui uma passarela de 275 m. de extensão, suspensa a 30 m. de altura e ancorada ao solo graças a três torres metálicas.
 
Da passarela suspensa o unas plataformas das torres, observam-se macacos bugios, macacos aranhas e águias harpias. Outra atração é uma torre de madeira de 43 m. de altura, construída ao redor de uma árvore corticeira. Da plataforma superior se observam aves,mamíferos, insetos, plantas epífitas ea paisagem. Ofertam-se tours de 4 dias e, 3 noites, e de 5 dias e, 4 noites. O hotel possui 26 suites, restaurante internacional e bar.

SANI LODGE

Na lagoa de Challuacocha se encontra o Sani Lodge. É um ecohotel localizado em um corredor de 42.000 hectares de selva entre a Reserva Faunística do Cuyabeno, ao Norte, e o Parque Nacional Yasuní, ao Sul. Éo lar de 1.5 mil espécies de árvores, 567 de aves, 162 de répteis e anfíbios, e 173 de mamíferos.
 
Nas caminhadas pela selva, podem ser encontradas até 13 espécies de primatas, antas brasileiras, duas espécies de porcos-do-mato, águias harpias, jacarés pretos e peixes-bois-amazônicos, entre outros. Entre as espécies de aves se observam tucanos, araras e papagaios. O hotel tem capacidade para 40 pessoas (nas cabanas).
 
Há dez suítes e quatro cabanas familiares. Cada cabana tem um banheiro privado e eletricidade fornecida por painéis solares. O Sani Lodge oferece um pacote único de 4dias e 3 noites. Possui uma torre para observar animais e aves da selva.

LA SELVA AMAZON ECOLODGE & SPA

25 anos de trajetória fazem da Selva Amazon Ecolodge um hotel com ampla experiência em hospedar turistas de todo o mundo. Localiza-se nas margens da lagoa Garzacocha, situada a duas horas de navegação desde El Coca, Orellana. Oferece tours para satisfazer todos os gostos e interesses.
 
La Selva oferece pacotes de 5 dias e, 4 noites; também de 4 dias e, 3 noites. Incluem visitas à torre de observação, a lugares com argilae minerais onde as araras se alimentam, visita a uma comunidade local, passeios na lagoa Garzacocha e atividades próximas ao hotel.
 
A área de La Selva é considerada um dos melhores lugares para observação de aves. Isto se deve a sua localização privilegiada ao norte do Parque Nacional Yasuní, o lugar mais biodiverso do planeta. Há um tour para observação de aves. Acorda-se às 04h00 para ver aves distintas.

KAPAWI ECOLODGE

Próximo da fronteira entre o Equador e o Peru se situa o Kapawi Ecolodge, perto da confluência dos rios Pastaza e Capahuari (afluente menor do Amazonas no Peru). Está no meio de quase 2 milhões de hectares de território do povo Achuar. O acesso ao hotel se realiza por via aérea a partir de Shell, Pastaza. Esta zona da Amazônia é muito remota e afastada de centros povoados. É uma área bem conservada da bacia ocidental do rio Amazonas, visto que está isolada do desmatamento e da extração de recursos naturais não renováveis.
 
Experiência Kapawi é o principal tour que este hotel oferece, operado pelo povo Achuar. É um programa de 4 dias e, 3 noites. Para chegar ao hotel a partir de Quito, deve-se ir por via terrestre, até Shell, Pastaza. Depois realiza-se o traslado por via aérea até a comunidade de Kapawi. Para chegar ao hotel, viaja-se em uma canoa durante 30 minutos. O Kapawi possui cabanas construídas com palha. São suites amplas, sustentáveis e bem ventiladas. Cada uma tem banheiro privado, dormitório, água quente e mosquiteiros. Há um restaurante que oferece gastronomia Achuar.

SIMPSON LODGE

A 2.500 m. de altura encontra -se a Casa Simpson Lodge, situada na Reserva Tapichalaca, Zamora Chinchipe. A Reserva pertence a Fundación Jocotoco. O hotel se situa na região oriental dos Andes, em frente á colina Tapichalaca. Para chegar ao hotel se deve ir pela estrada Loja-Vilcabamba-Zumba. Localiza-se perto de um setor do Parque Nacional Podocarpus.
 
O hotel possui vários circuitos de trilhas que atravessam a floresta nublada de Zamora Chinchipe, na região oriental dos Andes. O hotel conta com capacidade para 15 pessoas, em cinco suites no edifício principal e uma cabana separada com duas suites duplas. Destaca-se a caminhada pela trilha Jocotoco, que cobre uma distância de 2 km. e dura duas horas. Pode-se observar a espécie de ave insígnia: gralaria Jocotoco.

TAPICHALACA AND PODOCARPUS NATIONAL PARK

Éa primeira reserva criada pela Fundación Jocotoco, em setembro de 1998, como objetivo de proteger a gralaria Jocotoco, espécie de ave endêmica. Desde 2010, a reserva tem 3.500 hectares de superfície. Esta ave foi descoberta pelo Dr. Robert Ridgely, em novembro de 1997. Ridgely fazia gravações do canto das aves, até que escutou um som estranho. Era o descobrimento da gralaria Jocotoco, espécie nomeada como Grallariaridgelyi, graças a este descobrimento do Dr. Ridgeley e do ornitólogo equatoriano Lelis Navarrete.
 
O Parque Podocarpus foi criado em 1983, com uma superfície de 144.993 hectares. Está entre 990 e 3.600 metros acima do nível do mar (msnm) sua parte mais alta. Nas planícies há lagoas de origem glacial que dão lugar a várias bacias hidrográficas.

Share this post

Submit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn